gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Universidade de Georgetown oferece bolsa para programa de liderança

14 de julho de 2017

Estão abertas as inscrições para a edição de 2017 do Programa de Liderança para Competitividade Global, o GCL. A iniciativa leva líderes locais, que atuem no setor público, empresarial ou social, para um programa de 10 semanas de duração em Washington, D.C. As inscrições podem ser feitas até 1 de agosto.

O programa consiste em uma série de cursos e visitas a instituições localizadas na capital americana como o Congresso e a Casa Branca. Durante o período do curso, que vai de 16 de janeiro a 23 de março de 2018, os participantes têm a chance de discutir ideias com figuras públicas e especialistas de diversas áreas.

A bolsa contempla gastos como acomodação, materiais do curso, seguro médico e passagens aéreas de ida e volta para os Estados Unidos. Cabe ao estudante arcar com os custos do visto americano e da própria alimentação durante as 10 semanas.

Podem se candidatar jovens entre 24 e 34 anos, com graduação completa, fluência em inglês e no mínimo um ano de experiência profissional. Para se inscrever, é necessário enviar o formulário de candidatura do programa.

Também devem ser encaminhados documentos como currículo, diploma universitário, certificado de proficiência em inglês e duas cartas de recomendação. Depois das candidaturas online, os alunos passam por duas rodadas de entrevista, realizadas por um comitê de seleção e pela Universidade de Georgetown. Aqueles que forem selecionados devem pagar uma taxa de 2 mil dólares pelo programa.

Ao fim do programa, os candidatos também devem se comprometer a retornar ao seu país de origem por pelo menos um ano, para aplicar os aprendizados do curso.

Sobre o programa de liderança

O Programa GCL foi fundado pela Latin American Board (Junta Directiva Latinoamericana) da Universidade de Georgetown, como parte de sua missão de promover maior vínculo entre a Universidade de Georgetown e a região. Até hoje, o programa GCL impactou 359 líderes de 19 países, que hoje ocupam cargos importantes em empresas e em governos, gerindo iniciativas de grande impacto social.

Fonte: Estudar Fora

ALE