gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

O pedestre também pode fazer a diferença no trânsito

04 de outubro de 2015

PedestresNem todo pedestre é motorista, mas todo motorista também é pedestre. Por isso, hoje, dia em homenagem ao pedestre, o nosso post é sobre esse agente tão importante do trânsito. Afinal, todos nós, em algum momento, usamos as calçadas e atravessamos a rua.

Existem algumas leis no Código de Trânsito Brasileiro para garantir a segurança do pedestre. No artigo 29, por exemplo, fica definido que os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres. Além disso, o artigo 170 define que dirigir ameaçando os pedestres que estejam atravessando a via pública é considerado infração gravíssima, punida com multa e suspensão do direito de conduzir, acarretando a retenção do veículo e o recolhimento do documento de habilitação.

Mas quem circula pelas calçadas também pode fazer a sua parte e adotar comportamentos que garantam ainda mais a sua segurança. É importante atravessar sempre na faixa e olhar para os dois lados antes de pisar na rua, para garantir que o fluxo de veículos tenha parado. Além disso, nunca atravessar a rua na frente do ônibus que parou no ponto ou entre árvores, pois o motorista está com a visão prejudicada. Quando precisar passar por avenidas ou rodovias, utilizar sempre a passarela, pois é o meio mais seguro de atravessar vias expressas.

Carona Solidária

Também em setembro é comemorado o Dia Mundial sem Carro e da Carona Solidária. Diminuir a quantidade de carros nas cidades brasileiras não só é uma questão ambiental, pois melhora a qualidade do ar, como também ajuda a diminuir os congestionamentos.

Aproveite a data para começar essa prática. Se algum vizinho seu costuma fazer o mesmo trajeto que você, sugira um revezamento. E os seus colegas de trabalho? Moram na mesma região? Façam grupos de revezamento e organizem as despesas. Quem sabe não é também uma opção mais econômica?

Ajude a construir um planeta mais sustentável. Só depende de nós!

Fonte: Sinec

ALE