gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Vai viajar de carro nas férias? Confira dicas seguras

21 de dezembro de 2018

Viajantes que percorrerão destinos internacionais de carro precisam contratar seguro de responsabilidade civil adicional

As festas de final de ano e as férias escolares costumam movimentar as estradas nos meses de dezembro e janeiro, causando grandes congestionamentos e aumentando riscos de problemas com os carros. Assim, aquela que seria uma viagem em busca de diversão e tranquilidade pode gerar grandes dores de cabeça. Por isso é preciso estar atento e a ComparaOnline, marketplace de comparação de seguros e créditos, lista as principais informações para tirar o carro da garagem sem se preocupar na hora de ir viajar.

É importante, antes de tudo, tomar alguns cuidados que evitem transtornos. Nesse quesito, a revisão geral antecipada é essencial para garantir a segurança dos passageiros, uma vez que pane mecânica, problemas nos pneus e falhas elétricas são os principais problemas que os motoristas enfrentam nas rodovias. Ainda assim, nem sempre é possível evitar percalços no caminho e, nesta hora, para não contar com a sorte ou precisar recorrer a guinchos e mecânicos desconhecidos, é essencial ter um seguro auto com assistência 24h e ficar atento às cláusulas e serviços oferecidos.

“No momento da contratação e antes de viajar, mesmo que para distâncias curtas, o indicado é verificar se o serviço de assistência 24h está incluso no seu seguro e se contempla guincho, auto socorro, transporte alternativo em caso de pane do veículo, entre outros. É importante que seja verificada, principalmente, a quilometragem de guincho contratada para evitar custos com excedente em caso de pane. Tomando essas precauções o segurado não será pego de surpresa na hora de utilizar os serviços”, explica Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline, marketplace de comparação de seguros e créditos, no Brasil.

Confira abaixo algumas informações essenciais antes de pegar a estrada:

Viagens nacionais e internacionais, o seguro cobre?

É importante ressaltar que seguros regulamentados pela Susep – Superintendência de Seguros Privados – oferecem cobertura em todo território nacional e não é necessário avisar a seguradora antes de ir viajar, mesmo que seja de longa distância. Vale destacar que os serviços também possuem cobertura para o países do Mercosul, contudo, é preciso contratar o RCF – Carta Verde, um seguro de responsabilidade civil obrigatório neste tipo de viagem, que dará cobertura para veículos e bens danificados pelo carro segurado.

Outro ponto fundamental que os motoristas devem se atentar em viagens internacionais é a importância de avisar o seu corretor de seguro sobre o trajeto. Isso porque, dessa forma, ele conseguirá garantir todas as informações necessárias, além de já passar os contatos necessários caso algo aconteça. Se algum problema exigir a utilização do seguro auto, é só ligar para o corretor para que ele possa conduzir da melhor forma.

Todos os seguros contam com cobertura de guincho?

Nem sempre as apólices cobrem o guincho. Por exemplo: algumas seguradoras permitem a contratação do seguro sem assistência 24 horas, pois trata-se de um serviço adicional. Vale lembrar também que, quando contratada essa opção, deve-se considerar uma distância que atenda ao seu perfil, pois a assistência com quilometragem ilimitada, geralmente, encarece o valor do seguro.

É possível ter carro reserva em caso de problemas durante a viagem?

Nas apólices mais completas, algumas seguradoras oferecem o carro reserva, assim, caso o conserto do veículo demore alguns dias, a viagem não será interrompida. Esse serviço é opcional e pode ser solicitado pelo segurado na hora de cotar o seguro. Outra facilidade opcional que precisa ser verificada é estadia em hotéis para aguardar o conserto do veículo, como em casos de problemas durante o período noturno e que não haja possibilidade de arrumá-lo até a manhã do dia seguinte.

No site da ComparaOnline é possível consultar os serviços oferecidos por cada seguradora e seus valores. Desta forma, o consumidor pode analisar o seguro auto que mais se enquadra para o seu perfil.

Fonte: Assessoria