gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Um pouquinho de história

21 de março de 2015

Com minha experiência no mercado profissional já escutei milhares de vezes: para que serve o seguro? Calmamente sempre respondo que serve para proteger o seu patrimônio, que vai desde o mais importante bem que é a vida até algo de valor financeiro remediável como um celular ou para alguns um carro. Para entender toda essa relação é preciso voltar ao passado e descobrir a história do seguro, que começou há muito tempo e sempre esteve alinhada ao mundo da economia e das finanças.

Bem antes de Cristo, os beduínos quando precisavam atravessar o deserto em longas caravanas dividiam os prejuízos relacionados aos camelos que morriam durante a travessia – para que nenhum proprietário fosse prejudicado sozinho. A mesma regra viria a ser utilizada entre produtores de uvas no velho mundo medieval – para suportar os rigores do inverno e no início das grandes navegações e das descobertas. Os bons resultados eram visíveis e o mercado de seguros ia aos poucos ganhando contratos, regras e ficando ainda maior com o surgimento de empresas especializadas.

No Brasil, o seguro tem início com a chegada da família real portuguesa, em 1808. Como o centro do poder passa a ser o nosso país, que até então era apenas uma colônia, é preciso assegurar que o patrimônio daqueles que vieram com a Corte Real seja protegido. Note mais uma vez o funcionamento do seguro relacionado com a economia. E foi assim com as sucessivas leis que vieram, seja na edição do Código Comercial de 1850, com o antigo Código Murtinho, com a criação do IRB – Instituto de Resseguros do Brasil em 1939 e com a Superintendência de Seguros Privados (Susep).

É nessa evolução histórica que surge a pessoa capacitada – corretor de seguros – para trabalhar exclusivamente com este mercado especializado. Profissional este, que estuda e se qualifica, e com experiência no mercado para garantir que os investimentos feitos sejam protegidos diuturnamente. Alguém como o corretor de seguros que vai trabalhar para proteger os seus interesses e fazer com que os problemas e imprevistos que possam surgir não afetem negativamente a sua vida e da sua família.

Ou seja, o seguro sempre esteve presente na história humana, sempre com o intuito de proteger o patrimônio de forma coletiva, reduzindo danos e garantindo o melhor funcionamento da economia. Bem verdade, a forma do seguro mudou muito nestes milhares de anos, se aperfeiçoou e ampliou sua capacidade de proteção, sendo imprescindível a orientação profissional do Corretor de Seguros. São esses e outros pontos que vou explorar daqui para frente nesta coluna semanal, sempre com dicas, análises, opiniões e informações que vão ajudar na compreensão do seguro e proteção do seu patrimônio.

Vamos juntos conhecer o maravilhoso mundo do seguro.