gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Mercado de seguros foca em novas estratégias contra a crise

10 de outubro de 2015

Economista e jornalista da Globonews, Dony De Nuccio | Foto: palestrarte.com.br/

Economista e jornalista da Globonews, Dony De Nuccio | Foto: palestrarte.com.br/

As dificuldades pelas quais passa a economia brasileira não diminuíram as boas perspectivas para o setor de seguros. Esta foi a conclusão de todos os palestrantes que participaram, neste sábado (10/10), do painel “Realidade social e econômica do Brasil e do setor de seguros”, no 19º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, que acontece em Foz do Iguaçu. O economista e jornalista da Globonews, Dony De Nuccio, foi enfático em sua fala: “Os Estados Unidos passaram por uma grave crise nos últimos dez anos e estão em pleno crescimento nos dias de hoje. Tiveram queda no PIB e outros problemas, mas souberam se reinventar. Para isso, é necessário que o mercado surpreenda, encante e fidelize o cliente/consumidor, que deve ser o foco de todo o trabalho”, afirmou .

Para Dony, mesmo com a economia em queda, o Brasil continuará sendo a 7ª economia do mundo movimentando um PIB de 5 bilhões de reais por ano. Estes números já são 715% maiores do que a economia do Chile e 78% de toda a riqueza produzida no México, por exemplo. Mesmo com todos os problemas no ambiente de negócios, ainda conseguimos reunir condições atraentes de investimentos por aliar área territorial, PIB e população. O mercado de seguros deve avaliar este potencial”, analisou o jornalista.

O deputado federal e corretor de seguros Lucas Vergilio (SD/GO) também destacou boas notícias para o setor. O parlamentar apresentou uma relação de projetos de lei de sua autoria que, se aprovados, vão melhorar as condições de trabalho dos corretores. Um deles é o PL 3223/15, que regulariza o profissional de corretagem de saúde suplementar. “Com esta nova medida, o fluxo de negócios das corretoras será ampliado. Ninguém melhor que o corretor para indicar este tipo de venda que envolve o bem estar e planejamento de futuro”, comentou Lucas. Já o PL 1700/2015, que cria a carteira de identificação dos profissionais, está em tramitação na Câmara e será o reconhecimento esperado pelos mais de 80 mil corretores que atuam no Brasil. “O trabalho do profissional de seguros é pautado na confiança dos clientes. Com a carteira, aumentará sua segurança para identificar e contratar serviços de qualidade de quem, realmente, está capacitado para isso”, destacou.

Sobre o Congresso

O 19º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, que se encerra hoje, aconteceu nos dias 8, 9 e 10, em Foz do Iguaçu. Foram debatidos o futuro do país e os atuais cenários na economia nacional e do setor de seguros, com palestras do secretário executivo do Ministério da Fazenda, Tarcisio Godoy, do professor da Fundação Dom Cabral, Paulo Vicente; do professor da Escola de Comunicação e Artes da USP, Clóvis de Barros Filho, e do especialista em treinamento, alto rendimento e nutrição, Marcio Atalla, que abordou questões referentes à qualidade de vida. Para estimular o empreendedorismo, a Fenacor também escalou a empresária Bel Pesce, que foi eleita pela Revista Época, em 2014, a Jovem Empreendedora do Ano e uma das 100 pessoas mais influentes do país.

Fonte: Jaqueline Moraes | Lupa Comunicação

ALE