gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Sompo Seguros atende segurados atingidos em Porto Alegre

19 de outubro de 2017

Sompo Seguros estabelece plano especial para atender segurados atingidos por temporal em Porto Alegre

Levantamento aponta que, em 20 anos, desastres naturais já resultaram R$ 511 milhões em prejuízos estimados por conta das quase 140 mil habitações danificadas ou destruídas no Rio Grande do Sul

Porto Alegre, RS – 02.10.2017Defesa Civil trabalha para amenizar danos causados pelo temporal de domingoLocal: Rua 9 de junho, no bairro São JoséFoto: Divulgação/ PMPA

A Sompo Seguros S.A., empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo – criou uma estrutura especial para atender às ocorrências relacionadas ao temporal que atingiu Porto Alegre (RS) na noite de 1 de Outubro. Na ocasião, a capital gaúcha foi atingida por um temporal que durou cerca de 35 minutos, mas que, devido à intensidade gerou estragos. Segundo divulgado pelo Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (CEIC), a tempestade registrou chuva torrencial, granizo e rajadas de mais de 100km/h, arrastou container, provocou bloqueios em vias por causa da queda de árvores, e queda de luz em alguns bairros.

A seguradora mobilizou uma equipe técnica, que inclui profissionais vindos de outros Estados do País, com objetivo de viabilizar imediato atendimento às ocorrências. Os sinistros (acontecimento que ocasiona o prejuízo ao bem do segurado) registrados até o momento representam um aumento expressivo em relação à média geralmente registrada em período semelhante. As ocorrências mais comuns foram os destelhamentos de casas, com danos a telhados, janelas, fachadas etc, bem como danos ocasionados por chuva de granizo, danos elétricos, queda de raios, alagamento e inundação, entre outros. “Ao tomar conhecimento da situação, estabelecemos nosso plano de contingenciamento, por meio do qual é possível atender às demandas com celeridade a fim de contribuir com o restabelecimento das condições dos nossos segurados”, considera Andreia Paterniani, diretora de Sinistros da Sompo Seguros.

Cobertura do Seguro

A contratação da cobertura que garante eventuais danos em decorrência de fenômenos da natureza como vendavais, furacões, tornados, ciclones ou granizo é cada vez mais comum nos seguros residenciais e empresariais. Cerca de 98% das apólices residenciais e 96% das empresariais da Sompo contam com coberturas opcionais contra vendaval, furacão, ciclone, tornado e granizo.

Segundo o Relatório de Danos Materiais e Prejuízos Decorrentes de Desastres Naturais no Brasil, do CEPED UFSC – Centro de Estudos e Pesquisas em Engenharia e Defesa Civil da Universidade Federal de Santa Catarina, entre 1995 e 2014, 135.569 habitações foram danificadas e outras 4.071 foram destruídas no Rio Grande do Sul em decorrência de desastres naturais, o que resultou num custo estimado de R$ 511 milhões. Já os danos materiais totais (infraestrutura, habitações e outras instalações) registrados em decorrências das intempéries da natureza nesse período estão estimados em R$ 1,8 bilhão.

Histórico

O episódio ocorrido no dia 1 de outubro ficou registrado como o pior desde o temporal do dia 29 de janeiro do ano passado, quando uma tempestade classificada como supercélula (quando há uma forte corrente de ar ascendente girando dentro da nuvem), decorrente do calor, ganhou força ao chegar à cidade e resultou em ventos de 120 km/h. Pela violência e longa duração (quase uma hora), a tempestade resultou em mais de 210 mil imóveis sem energia elétrica e várias regiões da cidade foram atingidas. Na ocasião, a Sompo também montou um esquema especial a fim de garantir celeridade nos processos de atendimento aos segurados e corretores de seguros.

Prevenção

O Sistema Ceic Metroclima da Prefeitura de Porto Alegre mantém o alerta para a previsão de chuva e instabilidade nos próximos dias. Além de não se descartar ocasionalmente vento forte e queda isolada de granizo em alguns pontos, a chuva deverá ser forte ou intensa, com volumes elevados em muitos momentos, gerando transtornos como queda de árvores, cheias de rios, córregos e alagamentos. A Defesa Civil de Porto Alegre elenca alguns procedimentos que podem ser adotados antes das chuvas, com objetivo de evitar danos materiais ou colocar a vida de pessoas em risco:

  • Faça limpeza dos telhados;
  • Desobstrua as calhas;
  • Mantenha limpos os ralos, esgotos, galerias, valas, etc;
  • Retire entulhos dos quintais, áreas, becos e ruas;
  • Providencie a poda ou corte de arvores com risco de queda nos limites da propriedade do imóvel;
  • Reforce (ou escore) muros e paredes pouco confiáveis.

Qualquer situação de risco deve ser informada à Defesa Civil, por meio do telefone de emergência 199

Fonte: RMA

ALE