Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Por que promover a transformação digital através de fluxos de valor?

12 de abril de 2022

*Por Sergio Ignácio | Founder & CEO e-brom e Associado Mantenedor da ABSC

Realizar a transformação digital é um passo obrigatório para os centros de serviços compartilhados (CSC) crescer e se consolidar em um mercado tão competitivo como o de hoje em dia. Afinal, a tecnologia é capaz de trazer diversas vantagens para o cotidiano de uma empresa e, assim, melhorar o seu desempenho.

Mas, você se engana se acredita que a transformação digital é apenas estar presente na internet e disponibilizar seus produtos ou serviços online. A mudança tem que ocorrer estruturalmente, até mesmo nos fluxos de processos de negócios.

Esse tipo de transformação, inclusive, é fundamental para aprimorar o funcionamento do seu CSC Então, se você não conhece essa transição, vamos explicar o que é a transformação digital por meio de fluxos de valor para que possa avaliar por que vale a pena implementá-la. Confira!

O que é a transformação digital por meio de fluxos de valor

Como dissemos, a transformação digital é uma mudança que deve ser feita em todo o CSC. Isso é muito importante porque, assim, a tecnologia passa a ser uma peça central das estratégias e realmente consegue ajudar o negócio a ter um crescimento organizado e com inovações.

Nos fluxos de valor, essa transformação serve para indicar quais tarefas devem ser digitalizadas e, com isso, aprimorá-las. Um fluxo de valor pode, por exemplo, indicar quais tarefas da equipe devem ser automatizadas. Deve ser simples e fácil de ser criado, porque dessa forma será montado rapidamente e sem ter problemas.

Com a utilização de fluxos de valor, a cultura organizacional do CSC vai se atualizando e pode ser mais fácil fazer com que a tecnologia se instale em diferentes áreas e passe a ser o centro das estratégias.

Por que fazer essa transformação em seu CSC

Agora que você sabe o que é a transformação digital por meio da digitalização de fluxos de valor, confira quais são os 5 maiores benefícios de fazer essa mudança em seu Centro de Serviços Compartilhados:

1.Mais agilidade no dia a dia
Promover a transformação digital por meio da digitalização de fluxos de trabalho, aliada ao mapeamento do fluxo de valor traz mais agilidade para o dia a dia, porque focam apenas nas tarefas que devem ser feitas e permitem que várias atividades repetitivas sejam automatizadas. O acompanhamento de resultados também passa a ser mais ágil, já que os dados são fornecidos praticamente de forma automática.

Então, a produtividade dos profissionais de suas equipes aumenta, porque eles focam apenas no que realmente agrega valor ao cliente e, dessa forma, conseguem realizar mais atividades no dia-a-dia. Além disso, como as ações repetitivas são automatizadas, os colaboradores podem se dedicar mais à criação de estratégias inovadoras e eficazes em vez de cumprirem tarefas burocráticas e cansativas.

Isso é excelente, porque é capaz de melhorar consideravelmente os processos do CSC e, consequentemente, o desempenho deste.

2.Maior colaboração entre as equipes

Fluxos de trabalhos digitais podem ser acessados facilmente a partir de qualquer local, bastando uma conexão com a internet. Logo, é mais prático visualizar e entender os processos. Dessa forma, há uma integração maior entre colaboradores, CSC e o negócio.

Com isso, a comunicação entre os profissionais melhora e eles trabalham de maneira mais harmônica. Essa mudança é ótima, não só porque consegue aprimorar os resultados da empresa, mas também porque cria um ambiente de trabalho mais agradável.

A fácil acessibilidade aos fluxos ainda aumenta a transparência do negócio. Assim, os profissionais têm uma compreensão maior de todo o serviço e podem sentir que realmente fazem parte da empresa.

3.Melhor visibilidade dos processos

Para automatizar uma tarefa ou uma sequência de atividades, é essencial ter certeza de que ela é realmente necessária, não é mesmo? Dessa maneira, é possível garantir que não serão investidos tempo e dinheiro em processos que não deveriam existir. Logo, a criação de um fluxo de trabalho digital, aliada ao mapeamento do fluxo de valor, faz com que as equipes revejam apenas os seus processos agregadores de valor ao cliente.

Identificadas quais tarefas devem ser feitas, elas precisam fazer um mapeamento cuidadoso dos processos, identificar as falhas e gargalos, eliminá-los e só depois padronizar os fluxos e digitalizá-los. Ou seja, a criação dos fluxos digitais incentiva a melhora dos processos, o que aprimora a performance do CSC e seus resultados.

4.Tomadas de decisões mais eficientes

Com a implementação da transformação digital, o CSC pode acessar rapidamente dados sobre as estratégias que está colocando em prática. Então, as equipes conseguem visualizar o que está funcionando e o que não está.

Com essas informações, os executivos são capazes de tomar decisões bem mais eficientes e originais, já que elas são baseadas em dados reais.

5.Mantém a competitividade

Fazer essa transformação digital mantém a competitividade do CSC, porque fornece todos os benefícios que listamos anteriormente. Assim, haverá melhora do desempenho do seu negócio e os resultados obtidos serão superiores aos antigos.

Como implementar a transformação em Centros de Serviços Compartilhados

Após conferir esses benefícios, com certeza já compreendeu a diferença que a transformação digital realizada por meio de fluxos de valor faz para seu CSC. Mas, você sabe como implementá-la para aproveitar essas vantagens?

Uma forma muito interessante e eficaz de realizar essa mudança é utilizando ferramentas de gestão de processos que tenham como foco o mapeamento do fluxo de valor. Escolha uma plataforma que ofereça aos usuários a oportunidade de criar, ajustar e gerenciar fluxos de valor de maneira automatizada, simples e colaborativa. Dessa forma, além de agilidade no mapeamento, você garantirá a manutenção de um fluxo de entregas contínuo.

O mapeamento e a gestão do fluxo de valor permitirão que suas equipes consigam identificar atrasos e falhas nos processos e, em seguida, melhorá-los.

Sergio Ignácio | Founder & CEO e-brom e Associado Mantenedor da ABSC