gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Fides reúne instituições de ensino da América Latina

31 de outubro de 2015

RossiRepresentantes de escolas de seguros de sete países e de associações do mercado segurador latino-americano estiveram reunidas em Santiago, no Chile, na última segunda-feira (26/10), quando foi promovido o 1º Fórum Ibero-americano de Educação e Capacitação em Seguros. Realizado a partir de um desejo do então presidente da Fides, Marco Antonio Rossi, o evento teve como objetivo aproximar as instituições de ensino do setor e contou com a participação de três membros da Escola Nacional de Seguros: o diretor executivo, Renato Campos Martins Filho; a diretora de Ensino Técnico, Maria Helena Monteiro; e a gerente de Parcerias Internacionais, Maria Luiza de Oliveira Martins. “Podemos dizer que vivemos um momento histórico na educação de seguros no âmbito da América Latina. Esta é uma primeira oportunidade em que as escolas de seguros se juntam e se propõe a ter atividades de co-participação, de ajuda e de troca de experiências entre suas entidades”, destacou Martins Filho, primeiro a falar na cerimônia.

Além do Brasil, estiveram presentes representantes de: Argentina (Pedro Zournadjian), Chile (Leonardo Jiménez Evans), Colômbia (Fernando Zarta), El Salvador (Claudia Vélez), Equador (Luis Larrea) e Peru (Sergio Villegas). Todos fizeram breves apresentações sobre as instituições que representam e, em seguida, participaram de uma mesa redonda, que debateu as boas práticas e as principais demandas de seus mercados.

Ao final do encontro, já com as presenças de Marco Antonio Rossi e Pillar González de Frutos, todos assinaram um protocolo de concordância para criação da Organização Ibero-americana de Formação em Seguros Fides Educa. “É um convênio muito importante porque trará um intercâmbio maior de ideias, em termos de melhores práticas, e uma discussão de como solucionar os problemas que estão surgindo com relação a educação de seguros. Sabemos que o Seguro está ficando cada vez mais complexos, com problemas que nem imaginávamos alguns anos atrás, e ajuda muito que outras escolas estejam pensando nisso, de forma a se antecipar às necessidades do mercado de seguros”, comentou a diretora de Ensino Técnico da Escola Nacional de Seguros, Maria Helena Monteiro.

Fonte: CQCS

ALE