gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

ENS se pronuncia sobre MP da autorregulação dos corretores de seguros

19 de novembro de 2019

Após a divulgação, nesta semana, de Medida Provisória que revoga a Lei 4594/1964, que instituiu a regulação da Habilitação Técnica-Profissional dos Corretores de Seguros, a ENS, principal instituição de ensino do setor, reforça o seu posicionamento de que a capacitação técnica desses profissionais se tornará cada vez mais valiosa para o bom funcionamento de uma importante indústria relacionada à formação de poupança e ao desenvolvimento do nosso País, como a de seguros.

A Escola sempre prezou e continuará prezando pela valorização do corretor de seguros, ministrando programas de formação e capacitação de excelência para a categoria. Por isso, está atuando junto à Fenacor e aos sindicatos para estabelecer as melhores condições para a autorregulação.

Em vídeo divulgado na última terça-feira nas redes sociais, o presidente da ENS, Robert Bittar, que também é 1º vice-presidente da Fenacor, enviou mensagem aos alunos do curso de formação de corretores. “Aproveito o momento para tranquilizar os concluintes do Curso para Habilitação de Corretores de Seguros, que não terão dificuldades em obter o registro profissional. Este é o empenho conjunto da Fenacor e da Escola no sentido de prover soluções a todos vocês”, declarou.

No mesmo vídeo, o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, informou que a Federação está construindo uma agenda junto à Susep para definir as novas diretrizes quanto à forma de implementar a autorregulação do corretor de seguros, inclusive o registro da profissão. “Temos total discordância com o fim da lei 4594. Não aceitamos essa posição e vamos nos articular de todas as maneiras para que retornemos a lei. Outro ponto técnico com o qual não concordamos é com uma eventual exclusão dos corretores de seguros do Sistema Nacional de Seguros Privados”, afirmou Vergilio.

O outro representante da categoria no vídeo, Alexandre Camillo, presidente do Sincor-SP e 2º vice-presidente da Fenacor, destacou o trabalho em conjunto da Fenacor e Sincors. “Estamos atuando de maneira conjunta, rápida, assertiva e pontual para que a categoria não tenha qualquer tipo de retrocesso, ao contrário, para fazer deste um momento de avanço, de melhora das nossas relações. Acreditem, este será um novo capítulo da nossa história, vamos nos renovar e avançar”.

A ENS confia no sucesso da agenda que começa a ser construída! Também acredita que os agentes do setor e a sociedade brasileira continuarão demandando a excelência no atendimento e conhecimento técnico, atributos que só uma formação profissional continuada e de alto nível pode oferecer. Assim, reforçamos o nosso compromisso de capacitar o mercado de seguros e apostar na qualidade de ensino como diferencial para seus profissionais.