gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

DPVAT: passo a passo do seguro que é seu por direito

11 de maio de 2015

DPVAT garante a indenização em caso de acidente de trânsito que resulte em morte ou invalidez permanente, além do reembolso de despesas médicas e hospitalares devidamente comprovadas

DPVAT garante a indenização em caso de acidente de trânsito que resulte em morte ou invalidez permanente, além do reembolso de despesas médicas e hospitalares devidamente comprovadas.

O DPVAT é o seguro de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de vias Terrestres – definição que não enquadra trens, barcos, bicicletas e aeronaves. A lei determina que o “Seguro Obrigatório” deve ser pago todos os anos, juntamente com a cota única ou primeira parcela do IPVA.

A obrigatoriedade do seguro é mantida pela Lei n°11.482/07, para que as vítimas de acidente de trânsito em território nacional fiquem amparadas. Sejam motoristas, passageiros ou pedestres, independente de quem seja o culpado, sendo que que não há cobertura para danos materiais, como roubo, colisão ou incêndio do veículo.

O pagamento do DPVAT garante a indenização em caso de acidente de trânsito que resulte em morte ou invalidez permanente, além do reembolso de despesas médicas e hospitalares devidamente comprovadas.

Ele cobre acidentes de trânsito, mas só se houver alguém fisicamente machucado, pois esse seguro não cobre danos materiais. Apenas as pessoas. Registro do acidente, o Boletim de Ocorrência (BO), emitido por órgão policial competente, é indispensável no processo e você tem um prazo de até 3 anos após acidente para entrar com o pedido.

Para solicitar indenização, não são necessários intermediários. A própria vítima ou um familiar pode se dirigir a uma Companhia Seguradora e apresentar os documentos conforme o tipo de acidente.

Fuja das falsas promessas e acompanhe os noticiários. Muitas quadrilhas se aproveitam dos acidentados e seus familiares, como você já acompanhou aqui no Seguro Notícias.

Passo a Passo

Para receber o seguro não é preciso contratar alguém, nem mesmo ir na Justiça, pois o trâmite pode durar anos. Faça você mesmo, o acidentado ou um familiar. Basta fazer o processo nos pontos autorizados, que o valor sai em até 30 dias.

O seguro cobre morte, invalidez permanente e despesas com atendimento médico resultantes de um acidente de trânsito. Nos postos autorizados, é preciso apenas levar seus documentos e informar dados bancários.

É importante informar com exatidão os números do extrato, cartão de crédito, banco, agência bancária e conta corrente ou poupança. Assim, você evita maiores atrasos na hora de receber. E se não possuir uma conta bancária, o próprio seguro abre uma conta poupança em seu nome, sem custo adicional.

Invalidez permanente

Quem sofreu lesões num acidente de trânsito, que foram tratadas medicamente, e ainda assim ficou com uma deficiência caracterizada como invalidez permanente, tem direito à indenização nesses casos, que chegam até R$ 13.500,00.

É necessário apresentar o boletim do 1º atendimento médico e, para ser mais rápido, apresentar toda documentação médica, inclusive laudo do IML.

O critério do valor é prevista em lei por uma tabela, que compara danos de invalidez permanente. Quanto mais grave a invalidez, maior a indenização.

Despesas Médico-Hospitalares

Quem pagou do próprio bolso um serviço médico após um acidente de trânsito, seja ele atendimento de emergência, cirurgia, exame, consulta, remédio ou qualquer outro tipo de tratamento, tem direito a um reembolso até R$ 2.700,00.

Só há reembolso diante de desembolso e com os comprovantes da despesa apresentados. É preciso documentação que comprove a ligação do tratamento ao acidente. Assim como o BO, o relatório do primeiro atendimento médico, assim como das consultas e pedidos médicos e as despesas comprovadas.

Morte

Mediante apresentação do BO do acidente, certidão de óbito em cartório e dados da vítima. Para o familiar que está realizando o processo é necessário comprovar uma ligação com o acidentado, como certidão de casamento ou declaração específica do número de herdeiros.

Nesses casos, a indenização DPVAT é de R$ 13.500,00

Maiores informações

O site oficial do DPVAT possui uma lista detalhada de documentos necessários, como quais deles precisam de cópia simples e autenticada e cartório. Maiores dúvidas, se informe no 0800 022 12 04. Acesse os canais oficiais e evite ser enganado. O DPVAT é um direito seu.