gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

DevOps contribui para a Transformação Digital e a inovação

28 de junho de 2017

Quando se fala em Transformação Digital, logo pensamos em inovação, tecnologia, e-commerce, redes sociais, mobilidade, entre outros, bem como em transformar algo que era físico em digital, como por exemplo, os serviços bancários, que antes eram oferecidos à população por meio de agências bancárias físicas e hoje são disponibilizados pelo internet banking, trazendo toda a comodidade para o usuário final com alta disponibilidade, sem restrição de tempo ou espaço.

Entretanto, para uma empresa transformar-se digitalmente e inovar, precisamos desenvolver e disponibilizar novos serviços e produtos que gerem valor para o negócio e que possibilite ao usuário uma experiência gratificante na utilização destes serviços ou produtos. É necessário ir além do simples fornecimento de um e-commerce ou de um app no Google Play e na App Store. É essencial uma mudança cultural.

Não adianta somente a empresa digitalizar o seu front office e manter o seu back office burocrático e lento nas respostas às necessidades do mercado e, ou num mal atendimento pós-venda ou ainda a falta de habilidade e velocidade na resolução de problemas que são demandadas pelo negócio, usuários e clientes.

O foco deve estar no cliente e em como atender suas necessidades, resolver seus problemas de forma eficaz, eficiente, simples e inovadora. Isto considerando todo o ciclo de vida do serviço ou produto, ou seja, desde a sua concepção até a disponibilização para experiência dos usuários. É essencial que as empresas trabalhem para estabelecer um laço de confiança entre seus clientes: saber realmente ouvi-lo e responder agilmente a seus problemas com qualidade e segurança.

Os processos que envolvem o DevOps podem contribuir para a geração de inovação e também para a transformação digital nas empresas. Isso porque, ao mesmo tempo que foca em automações de processos que tangem o ciclo de vida do desenvolvimento de um software, contribuindo para a digitalização de atividades que antes eram executadas de forma manual, como validação da qualidade do código do software, testes, e liberação de versões dos softwares, este modelo também aumenta o nível de qualidade e a segurança das aplicações.

Com a implementação de DevOps, as práticas de desenvolvimento ágil, como o Scrum, tornam-se naturais, pois focam em entregas de softwares com ciclos rápidos. Além disso, por meio do time de operação é realizado o monitoramento proativo das aplicações que são disponibilizadas para os usuários. Com este procedimento é possível identificar e ter informações de quais transações do sistema são mais acessadas e, por exemplo, se um usuário deixou de concluir uma compra, pois ocorreu erro na transação do negócio. O acompanhamento também indica se o usuário não concluiu uma compra e partiu para o concorrente devido à baixa performance do site. Com as práticas que envolvem o DevOps é possível ter agilidade, seja no atendimento do time to market ou para responder rapidamente problemas identificados pela experiência do usuário, melhorando continuamente um produto ou serviço. Além disso, atrelado a tecnologias de Big Data é possível extrair informações úteis desses dados que envolvem a experiência do usuário, podendo trazer uma vantagem competitiva enorme frente aos concorrentes, bem como evoluir para análises preditivas. Somada a uma infraestrutura em cloud é possível estar preparado para picos de demanda de forma segura e com alto nível de eficiência para a disponibilidade destes serviços aos usuários. Se sua empresa está em busca de inovação aliada com eficiência, tendo foco na experiência do usuário, o conceito de DevOps é um bom caminho para lhe auxiliar.

* Eduardo Floriano é diretor de AMS (Application Management Services) e de práticas CGI (Centro de Geração de Inovação) e CDS (Centro de Desenvolvimento de Software) da SONDA, maior companhia latino-americana de soluções e serviços de tecnologia.

Fonte: IMAGE Comunicação

ALE