gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Custo reduzido e coberturas específicas impulsionam seguro para micronegócios

08 de outubro de 2015

MicroempresasCom empresas que funcionam na própria residência, microempreendedores individuais impulsionam a contratação de serviços que apoiam na operação do negócio e tenham custos mais econômicos. Para atingir esse nicho, o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE oferece uma apólice patrimonial exclusiva para empresas nesse formato e com preços ainda mais competitivos, em relação ao seguro patrimonial tradicional.

“São empreendedores que trabalham sozinhos ou com poucas pessoas de confiança. Por isso, buscam serviços sem burocracia e com custos que não impactam no caixa da empresa”, explica Danilo Silveira, superintendente executivo de Seguros Tradicionais do GRUPO BB E MAPFRE.

A contratação desse seguro não requer CNPJ e pode ser adquirido por uma pessoa física. Estão no foco dessa carteira empresas como salões de beleza, pequenas oficinas mecânicas, costureiras, sapatarias, lanchonetes etc.

Com formato de apólice residencial, o contrato prevê a proteção do imóvel e estende as mesmas coberturas para o negócio, que funciona nas dependências da casa.

Estão inclusas as coberturas de incêndio, queda de raio, explosão, dano elétrico e roubo de equipamentos relacionados à atividade da empresa e assistências de chaveiro, hidráulica, eletricista, vidraceiro etc.

Quando o seguro vale a pena?

Antes de fechar uma apólice, a melhor opção é avaliar o mapa de riscos da operação. Esse mapeamento deve trazer um inventário do patrimônio (equipamentos utilizados no dia a dia e mobiliário) e o custo de reposição dos bens em caso de um imprevisto.

“Se esse valor for inviável ao empreendedor e para o caixa da empresa, a dica é inserir esse montante no item de indenização da apólice”, complementa Silveira.

Outro item que deve ser considerado é o acionamento das assistências gratuitas, uma vez que problemas de encanamento e elétrico podem interromper a operação do negócio, trazendo prejuízos. Esse tipo de seguro prevê o acionamento gratuito de cada tipo de profissional (encanador, eletricista, vidraceiro etc.) duas vezes ao ano.

Fonte: CDN Comunicação

ALE