gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

Cooperativa de transporte reduz taxa do seguro de cargas em até 40%

20 de março de 2018

A Coopertransp, sediada em Goiás, presta serviços de transporte de combustível para distribuidoras de petróleo nos estados de Goiás, Mato Grosso, Maranhão e Piauí. Até 2016, a cooperativa não utilizava uma solução tecnológica de gestão de riscos e passou a ter grande índice de roubo de carga. Foi então que sua gerenciadora de risco a orientou a contratar este tipo de tecnologia.

Alberto Araújo, diretor comercial da Coopertransp, conta que, em 2016, começaram a utilizar o Omniturbo, solução da Omnilink para gestão de riscos, e tem obtido sucesso em evitar roubos nas rotas em que operam: “É a primeira vez que utilizamos a tecnologia híbrida de conectividade GSM e satelital. O preço e as indicações da gerenciadora de risco e de outras empresas do mesmo segmento nos levaram a contratar a Omnilink. Tivemos cinco ocorrências de tentativa de roubo, em que a tecnologia bloqueou o caminhão ao detectar o jammer (dispositivo para neutralizar sinal do rastreador), conseguindo inibir a ação dos bandidos”.

Ele conta, ainda, que a confiabilidade proporcionada pelo funcionamento do Omniturbo, juntamente com o trabalho da empresa gerenciadora de risco, contribuiu para a cooperativa conseguir a redução na taxa de seguro mensal em 40%. “Os benefícios são evidentes comparados a quando não tínhamos essa tecnologia, pois o seguro chega a ser 20% a 30% da taxa administrativa cobrada pela cooperativa”, afirma Alberto Araújo.

A Trans Sat, responsável pelo gerenciamento de risco da Coopertransp, também enfatiza as vantagens em se utilizar a tecnologia da Omnilink. “O Omniturbo é muito bom para central de monitoramento, pois permite interação, o sistema responde com alertas e é mais rápido que outras soluções do mercado, além de ter sensor que capta a frequência do jammer”, explica Pablo Mendes da Mota, gerente de contas na Trans Sat.

Fonte: Assessoria | Edição: Seguro Notícias