gratta-180x90

Seguro Notícias

O seu portal de seguros

19º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros começa 5ª feira

07 de outubro de 2015

Evento da FENACOR vai debater o crescimento do Brasil contemporâneo e do setor de seguros, de acordo com as regionalidades do país e as novas oportunidades de negócios

19congressoSegundo o pesquisador Paulo Vicente, da Fundação Dom Cabral, o Brasil, assim como México e Rússia, são “países neo-feudais”, isto é, nações que possuem estruturas híbridas entre o feudalismo e o capitalismo. São internamente muito desiguais e ainda relativamente jovens. Para ele, mudar este cenário requer aumentar o nível de descentralização administrativa do poder público, dando maior poder para estados e municípios, o que poderia ser uma primeira agenda de reforma nacional para o Brasil contemporâneo.

Essas e outras informações serão apresentadas no 19º Congresso Brasileiro do Corretores de Seguros, organizado pela FENACOR. Em uma abordagem ampla, Paulo promete levar um panorama sobre regionalismos e potenciais para os mais de três mil profissionais que estarão presentes no evento, que acontece nesta semana, de 8 a 10 de outubro, em Foz do Iguaçu.

“A região Sul e boa parte do Sudeste, onde está a maior concentração econômica, consumo e parte da indústria nacional, demográfica e política do país. Uma região que se desenvolveu muito nos séculos passados e vai continuar crescendo, mas pela curva de retornos decrescentes, cada vez menos. As regiões Sul e Sudeste cresceram 19,77% e 13,43%, no primeiro semestre de 2015, segundo a Susep.

Já no litoral do Norte e Nordeste, há regiões que têm crescido bastante com o aumento do consumo, atraindo muitas empresas que decidem produzir e distribuir na região e, para isso, buscam mão de obra qualificada e novos serviços, como seguros”, diz Paulo, dando uma dica do que vai apresentar em sua palestra. Segundo dados da Susep, no primeiro semestre de 2015, o mercado de seguros da região Nordeste cresceu 29,59%. Os destaques são Paraíba, 58,62%, e Sergipe, 43,58%.

Os corretores no evento terão uma análise dos grandes potenciais de território, população e consumo do Brasil, que permitirão um crescimento de longo prazo. “Há gargalos que limitam este desenvolvimento tais como: protecionismo exagerado, sistema de impostos e legal, infraestrutura viária, energia, educação, e Pesquisa e desenvolvimento (P&D). A conclusão é que o Brasil, infelizmente, continua sendo país do futuro”, sentencia o pesquisador, destacando que o futuro é um ponto de investimento e mudança que deve ser avaliado e planejado hoje pelos profissionais do setor de seguros, que é responsável por 4% do PIB Nacional e cresceu 4,6% no primeiro semestre de 2015, comparado a igual período de 2014, com faturamento de 47,5 bilhões de reais.

Sobre o Congresso

Realizado de 8 a 10 de outubro, em Foz do Iguaçu, o 19º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros será aberto pelo ex-presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, que falará sobre reformas e desenvolvimento do Brasil. Os participantes também poderão ouvir o professor da Escola de Comunicação e Artes da USP, Clóvis de Barros Filho, e o especialista em treinamento, alto rendimento e nutrição, Marcio Atalla, que vão abordar questões referentes à qualidade de vida. Para estimular o empreendedorismo, a FENACOR também escalou a empresária Bel Pesce, que foi eleita pela Revista Época, em 2014, a Jovem Empreendedora do Ano e uma das 100 pessoas mais influentes do país.

Estudo inédito: quem são os corretores de seguros

Os participantes do evento serão apresentados ao “Estudo socioeconômico das corretoras de seguros”. Para o presidente da FENACOR, Armando Vergílio, a apresentação das informações aos participantes revelará quem são e como estão trabalhando as pessoas que vivem o dia a dia do mercado. “Também saberemos onde estão as lacunas para melhorar o trabalho e impulsionar os negócios”, completa.

Foto: Radar Nacional

Foto: Radar Nacional

Acidentes de carros, seguros e lei do desmonte: oportunidades de novos produtos

Outro painel importante será sobre “Acidentologia e vitimização no trânsito e lei do desmonte”. Os seguros para carros representam 45,9% do mercado e o estudo trará novas informações com a lista dos danos causados pelos acidentes de trânsito, no Brasil. A mesa debatedora fará um paralelo entre o roubo de carros e a venda de peças. A lei do desmonte, que vigora desde maio, quer regulamentar este comércio, possibilitando novas opções de seguros de automóveis, uma consequência da queda no número de crimes que a legislação proporciona com o passar do tempo.

18ª Exposeg

Faz parte do evento, a 18º Exposeg, feira com novidades para os corretores de seguros e para o mercado em geral. As maiores seguradoras do país e as empresas prestadoras de serviços estarão presentes para conversar com os visitantes.

Saúde Suplementar

Também será realizado o 3º Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar, sobre o segmento que vem apresentando expressivas taxas de crescimento na economia e que traz debates sobre as tendências do mercado.

Mais informações:

19º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros FENACOR – www.fenacor.org.br

De 8 a 10 de outubro

Centro de Convenções do Rafain Palace Hotel

Foz de Iguaçu – Paraná

Fonte: Fenacor

ALE